1.14.2011

BORIS GROYS VISITING TIME:THE RENEGOTIATION OF TIME THROUGH TIME-BASED ART
FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN 19 JANEIR0 2011 18.00

A Fundação Calouste Gulbenkian, em colaboração com o Centro de Filosofia das Ciências
da Universidade de Lisboa, promove um ciclo internacional de conferências intitulado Image in Science and Art.

No próximo dia 19 de Janeiro (quarta-feira) terá lugar no auditório 2 da Fundação Gulbenkian, às 18.00, a conferência Visiting Time: the Renegotiation of Time through Time-Based Art, proferida por Boris Groys*.
___________________________
Resumo da conferência:
Na nossa cultura temos dois modelos diferentes que nos permitem sincronizar o tempo de contemplação e o tempo da obra de arte em si: a imobilização da obra de arte e a imobilização do espectador. A imobilização da imagem no espaço expositivo, do texto no livro, de textos e imagens no ecrã do computador ou, por outro lado, a imobilização do espectador no teatro, no cinema, nos concertos, em frente à televisão, etc. Ambos os modelos falham, porém, no caso da chamada arte baseada no tempo, por exemplo, quando as imagens em movimento são transferidas para o espaço de exposição (museus, galerias, etc.). Neste caso, as imagens estão em movimento, mas os espectadores também continuam a mover-se. É óbvio que isso causa uma situação em que as expectativas contraditórias de uma visita a um cinema ou de uma visita a um museu, entram em conflito – o visitante é enviado para uma vídeo-instalação num estado de dúvida e desamparo. O tempo começa, pois, a ser experimentado, conceptualizado e tematizado de formas novas, através da renegociação da relação entre o tempo de contemplação e o tempo do processo contemplado.

Boris Groys é Professor de Estética, História de Arte e Teoria de Media na Hochschule fur Gestaltung. É também Global Distinguished Professor no Departamento de Estudos Russos e Eslavos na New York University. Dos livros que publicou destaca-se The Total Art of Stalin.


Ciclo de Conferências Image in Science and Art
FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN AUDITÓRIO 2 18.00

Tradução simultânea

INFORMAÇÕES:
Rita Rebelo de Andrade SERVIÇO DE CIÊNCIA
FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN
Av. de Berna, 45 A – 1067-001 LISBOA
T. 21 782 35 25 E. scienceandart@gulbenkian.pt
W. http://www.gulbenkian.pt/
Videodifusão http://live.fccn.pt/fcg

Sem comentários:

La vida es un tango y el que no baila es un tonto

La vida es un tango y el que no baila es un tonto
Dos calhaus da memória ao empedernido dos tempos

Onde a liquidez da água livre

Onde a liquidez da água livre
Também pode alcançar o céu

Arquivo do blogue