11.02.2019

ADVERSIDADES, CONTRASTES E CONTRARIEDADES






ADVERSIDADES, CONTRASTES E CONTRARIEDADES

Sei que meu bem nem bem me quer...
Escond'os olhos pròs não ver;
Mas também sei qu'ela é mulher
De grande afeto e bem-querer.
E estes desencontros na vida
Que a gente não sabe vencer,
Somam mais lida, à lida
Plos cuidados que nos faz ter.

Preocupação maior não há
A quem por sentir não nega:
Às vezes, é porque não 'tá;
Outras, é porque 'tá “cega”.

Alma doi, coração arrepia
Por ver qu'o qu'era nunca foi,
Nem chegou a ser «Bom dia»!

Joaquim Maria Castanho
Com foto de Elie Andrade.

La vida es un tango y el que no baila es un tonto

La vida es un tango y el que no baila es un tonto
Dos calhaus da memória ao empedernido dos tempos

Onde a liquidez da água livre

Onde a liquidez da água livre
Também pode alcançar o céu

Arquivo do blogue