4.26.2016

"Fiat justitia, pereat mundus."




"Fiat justitia, pereat mundus."

(Se a justiça sucumbir, não mais valerá a pena que existam homens sobre a terra.) 

"De entre os deveres jurídicos, Samuel Pufendorf (1632-1694) destacou três como fundamentais: a) que ninguém cause danos a outrem (neminem laedere); b) cada qual trate o outro como igual em direitos (suum cuique); c) cada um apoia o outro tanto quanto possível." 

ARTHUR KAUFMANN, Munique - abril, 2000

La vida es un tango y el que no baila es un tonto

La vida es un tango y el que no baila es un tonto
Dos calhaus da memória ao empedernido dos tempos

Onde a liquidez da água livre

Onde a liquidez da água livre
Também pode alcançar o céu

Arquivo do blogue