10.11.2004

HORA OS COPOS
(SIGNOS BASTANTE SIGNIFICATIVOS)

Os desafortunados/as que tiveram a ousadia de desembestar no mundo sob a influência deste zurríaco, terão vida fácil e duradoura mas com história de pouca monta, a não ser que se socorram de substâncias mais afrodisíacas. Hão-de soletrar-se nas primeiras instâncias da literatura e subirão ao inferno sem passar pelo purgatório. Contrairão surrealidade até ao fígado e terão os tutanos a desfazer-se de ironia. Mas obrarão com desenvoltura e nunca esquecerão o seu temor à cornite aguda e mau olhado. E deles há-de ser a fama e a má-língua da plebe!


Totinegra Arrependida
(Nascidos em temporão)

Os trogloditas residentes desta casa astrolábica zurriacal têm os azimutes em baixo e os alqueires mal medidos. São deveras dados/as ao estrefenefe, regabofe e rambóia, mas quando motivados e na expectativa de uma substancial e erecta cenoura não resistem ao pau. Amantes das artes como do desporto praticam assiduamente um com as outras e estas desportivamente ou sem grandes bagatelas éticas e formais. Gostam de tudo o que mexe, vibra ou palpita, e quando isso pára (ou se aquieta) mobilizam-se com afinco para que assim não fique durante muito tempo. No dia seguinte tomam a pílula pois são contra o aborto, a reforma agrária e a piscicultura.


Raspadinhas com Prémio
(Nascidos em serôdio)

Do zurríaco são o bom ou melhor partido, se ainda inteiros e inteiras, cheias e desparasitados. Normalmente apetrechados de canudo e viatura própria são muito prestáveis e saborosos/as, sobretudo nas noites de insónia, hiper-actividade hemorroidal, comichões várias e erupções cutâneas furunculares – de preferência com gelo e limão. Se de dia, devem tomar-se com cautela e moderação, exclusivamente com água da rede (net ou telemóvel, embora a fixa também sirva), pois fazem óptima companhia mas mordem se açulados ou lhe provocam ciúmes. Pedigree afiançado e oriundos de boas famílias, não são atreitos a moléstias, grandes pensamentos e matemáticas complicadas; todavia, fazem óptima figura e não envergonham ninguém se se mantiverem em silêncio. Digerem mal as recusas e perante elas entram em depressão, crise de identidade e esgotamento, mas perdoam depressa e esquecem facilmente. Na carteira, jogo, amor e copos vão até à última gota, e depois pagam com o corpinho as dívidas contraídas.


Pé-de-Cabra com Pieira
(Nascidos algures em hora indefinida)

No amor os signatários desta sina além do pé ganham também outras partes dos corpo, sobretudo a cabeça e sua segregação pensante, se engrinaldada prò culto, pois que tão amigos do alheio se fizeram que quase de imediato houve alguém a pagar-lhes na mesma moeda, abrindo-lhes conta-corrente e rego no diz-que-disse mundano, principalmente em tascas, esquinas, patins, balaustradas, barbearias, praças de taxis e supermercados, entre outros covis de paupérrima fama, que antigamente se diziam mercearias e onde tudo era pesado à mão, mas onde hoje já ninguém pesa e a língua é servida a palmo.


Salgados & Comprometidos
(Nascidos com pormenor de planta e segundo)

Varão que nasceu debaixo desta sina há-de ser vadio, guloso, brejeiro e manhoso. Se fêmea virará varina reboluda, vermelhusca e anafada, com muito de seu mai-lo de quem a ela o quiser dar, vender, gretar ou emp®enhar. Quando se metem na política só param no parlamento, que é onde se pode comer bem, beber melhor e berrar à fartazana, sendo principescamente pago para tal, mas sempre bem montado (no partido – diz-se, e à portas fechadas). Que também tem telhados de vidro, todavia como ninguém consegue subir tão alto na carreira, é versão de gran suspeita e carecida de demonstração empírica.


Chouriços Cacholeiros
(Nascidos aos quartos de hora)

Os mastronços/as deste signo são uma porcaria com’aos demais, mas como são brancos, moles e tomam viagra para ir ai fumeiro, usam pele bronzeada, frequentam ginásios e ginásias, para ver as pindricas e pindéricas linhas uns dos outros, aderem que nem goma às novas tecnologias e jamais passarão das 50 flexões na Net. Normalmente desabafam antes do tempo e quando carregam o carro chamam pelo Gregório à força toda. Politicamente são radicais, e ou estão doentes ou pertencem ao Movimento. Não adormecem com facilidade desde que não estejam no serviço, e quando se cansam (ou envergonham) de ver as mãos sem fazer nada, metem-nas nos bolsos. Raramente usam chapéu, excepto se for de dois ou três bicos.


Tira Picos e Fura Bolos
(Nascidos às horas certas)

Os cromanhonos e cromanhonas deste signo sempre foram bafejados pela canabis e OH2Porro, vulgo “água da moca”, líquido de virtudes infimamente medicinais, de forma bastante diversa. Contudo, alguns ficarão simplesmente tantarantantans, enquanto outros impotentes ou frígidas. É provável que caminhem aos bordos nas bordas da ressaca, portanto aconselha-se que mal isso lhes suceda, o aplicarem de imediato a regra do código postal, que indica que repetir a dose é meio caminho andado no alcançar da salvação e estado de graça. São apologista do "iiiiih, agora não dá!!..." e costumam rematar todos argumentos com "mais nadas" sentenciosos ou demais frases feitas da moda. São maus de cópia, piores de originalidade mas plagiam na perfeição.


Banana Podre
(Nascidos aos vinte pràs certas)

Os celtiberos atreitos a existências sub-reptícias que tiveram a feliz enfermidade de aparecer no deus-dará da desdita sob este signo, serão uns felizardos invictos e apostróficos, por quanto nunca casarão ou concubinarão com criatura vistosa, arrendada ou por conta própria, glarba ou desenxovalhada, dado o seu respirar contundente, com hálitos activos e inequívocos, derramar sobre o meio as cinzas do seu vulcão interior putrefacto, mas também jamais serão corneados enquanto o diabo tira o cisco do olho. Se instados a exercer o seu charme fazem-no com prontidão e desenvoltura, pelo que comummentemente contratados pelas grandes empresas para receber (afastar) credores, atender reclamações, contactar com clientes indesejáveis.


Vade Retro e Contracurvas
(Nascidos às meias horas)

Australopitecos muito desportistas e competitivos, sempre prontos para mais uma, gostam de criar boa impressão em qualquer tipo e formato, mas preferem instituir-se primeiro entre crianças e idosos, supondo que estes são os que melhor admirem e gabem, com desmesura e abastança, o seu coquetismo traiçoeiro e sedutor. Raramente se recusam ao prazer dos outros e são capazes de gatinhar incansavelmente até atingir os propósito$, que afiambram como brinde e testemunho do seu profissionalismo, ou defendem da gula alheia com magnum honor, vociferando lambuzados o “é meu, muito meu, todo meu, só meu e não o dou a ninguém” da tragédia popular em quatro cacos “Ora ponha aqui o seu geladinho”. Reagem mal às contrariedades do dia a dia, pelo que ficam normalmente indispostos e com ventas e penico.


Pavão Depenado
(Nascidos de um engano TMG)

Os figurões e figurinas desta moita são filhos dum pulo de cerca que se deveu acima de tudo ao hábito dos seus progenitores frequentarem os lugares errados a más horas. Peritos em não seis, não comento e não me comprometam, costumam apostar na carreira para evitar atrasos nas contas, períodos e tabelas, embora raramente o consigam. Normalmente enfarpelados nos rigores académicos e boémios, são moinantes de arribação e integram a vida moderna pela licenciosidade da formatura. Se são de cá vão para lá e se de lá vêm para cá, demonstrando que única constante da boa-vai-ela é a mudança, e no cumprimento do destino ao vaivém da vida. Todavia tendem a arrepender-se disso... – não obstante tarde e com sentidos pêsames, enquanto as famílias compungidas e enlutadas se demonstram estóicas e fadadas para o carregar a cruz (sem grande penha). Dançam bem, gostam de apertos e rebolam-se ao primeiro olhar.


Alhos Porros e Cepas Tortas
(Nascidos aos meios quartos de hora e/ou às certas e vinte)

Os energúmenos indígenas desta tribo zurrismal e que tiveram o despautério de nesta casa astral zurrar pela primeiríssima vez em vernáculo lagóia, hão-de ser bem sucedidos na arte de (en)cantar, catar e contar loas aos mais tansos que eles. Desde cedo assumirão o seu papel de líderes da trambiquice, no entanto de entre eles alguns recuperarão a inocência perdida, que aplicarão com criatividade em profissões de alto risco (para a fé e salvação) como design, manequins de alta costura, marketing e publicidade. Infelizmente os restantes devem enveredar pelas alas do “penso rápido e seco depressa” sucumbindo às maravilhas do exctasie. Salvo os que morrerem novos todos os outros falecerão apenas quando tiver quer ser ou não tiverem outro remédio. (Paz à sua alma e os nossos sentimentos às famílias contritas e circunspectas… A astrologia é uma ciência humanista, crente e abnegada!)

Gigélia Cheirosa
Cartomante encartada

La vida es un tango y el que no baila es un tonto

La vida es un tango y el que no baila es un tonto
Dos calhaus da memória ao empedernido dos tempos

Onde a liquidez da água livre

Onde a liquidez da água livre
Também pode alcançar o céu

Arquivo do blogue