10.31.2003

Lista de autores e obras propostas para a sessão da Comunidade de Leitores, do dia 10 de Dezembro de 2003:
Clarice Lispector - A Hora da Estrela;
José Saramago - Levantado do Chão;
José Cardoso Pires - A Balada da Praia dos Cães, Alexandra Alpha e Dinossauro Excelentíssimo;
Milan Kundera - A Insustentável Leveza do Ser;
Marguerite Duras - A Dor;
Fred Ulman - Reencontro;
Toni Morrison - Amada;
Fernando Savater - O Jardim das Dúvidas;
Jorge Semprun - A Escrita ou a Vida;
Steven Lukes - O Curioso Iluminismo do prof. Caritat;
José Rodrigues Miguéis – O Milagre Segundo Salomé;
António Lobo Antunes - Manual dos Inquisidores e Os Cus de Judas;
Denis Diderot - A Religiosa;
Batista Bastos – Tecido de Outono;
Boris Vian – A Espuma dos Dias;
Stendhal - O Vermelho e o Negro;
Franz Kafka - O Processo;
Virginia Wolf - Um Quarto Que Seja Seu;
Graciliano Ramos - Vidas Secas;
John Steinbeck - As Vinhas da Ira;
Anne Frank - Diário;
Oscar Wilde - De Profundis;
Robert A. Heinlein – Um Estranho Numa Terra Estranha;
Vandam Chalamov - Os Contos de Kolimá;
Primo Levi - Se Isto é um Homem;
Marguerite Yourcenar - A Obra ao Negro.
Aceitam-se propostas, mas convinha que fôssemos apurando a nossa escolha até ao dia 22 de Novembro, para não perdermos demasiado tempo a discutir qual a eleita.
Obrigado
Saudações
JCastanho

Fernando Mano propõe “Levantado do Chão”, de José Saramago, e “Se Isto é um Homem”, de Primo Levi.
José Mourato propõe “Um Estranho Numa Terra Estranha”, de Robert A. Heinlein.
Filipa Ribeiro propõe além de "A Maravilhosa Viagem de Nils Holgersson Através da Suécia", de Selma Lagerlof, e "Um Estranho Numa Terra Estranha", de Robert A. Heinlein, para novas sessões, também, e para esta, "A Dor", de Marguerite Duras, "O Jardim das Dúvidas", de Fernando Savater, "A Escrita ou a Vida", de Jorge Semprun, "O Processo", de Franz Kafka, e "Um Quarto Que Seja Meu", de Virginia Wolf.
Haja mais sugestões!... O mail oficial é o grokare@hotmail.com
Usem-no.

La vida es un tango y el que no baila es un tonto

La vida es un tango y el que no baila es un tonto
Dos calhaus da memória ao empedernido dos tempos

Onde a liquidez da água livre

Onde a liquidez da água livre
Também pode alcançar o céu

Arquivo do blogue