12.01.2016

LETRA Z




LETRA Z

Zoom desde os A B C D’s
Alcança o zénite, aqui
Onde os comos e os porquês 
Falam apenas do falar de si; 
Das quadras e oitavas rimas, 
Do desconserto do soneto, 
Dos afetos e pintar de climas
Que dos poemas são esqueleto. 
Do círculo redondo rosto
Pérola linda, nacar puro
Que ensina a rima e o gosto
Quando o sentir é seguro; 
Que o carinho é flor singela…
– Ninho que à família perla! 

Joaquim Maria Castanho

La vida es un tango y el que no baila es un tonto

La vida es un tango y el que no baila es un tonto
Dos calhaus da memória ao empedernido dos tempos

Onde a liquidez da água livre

Onde a liquidez da água livre
Também pode alcançar o céu

Arquivo do blogue