11.27.2008


O Convento da Graça de Loulé, antigo mosteiro de São Francisco, foi fundado pelos franciscanos logo após a Reconquista para servir de base à evangelização das populações algarvias, maioritariamente mouriscas e cristãs moçárabes. Preserva desse tempo partes da igreja, possível de se reconstituir na totalidade, desvendando uma complexa rede matemática que demonstra a simbiose cultural entre as duas comunidades. Porém, no século XVI, os franciscanos claustrais foram extintos e substituídos pelos observantes, mas o mosteiro de Loulé passou, de forma enigmática, para a Ordem de Santo Agostinho, num processo que só agora foi descoberto e que denuncia as lutas de interesses numa sociedade algarvia complexa e rica.

La vida es un tango y el que no baila es un tonto

La vida es un tango y el que no baila es un tonto
Dos calhaus da memória ao empedernido dos tempos

Onde a liquidez da água livre

Onde a liquidez da água livre
Também pode alcançar o céu

Arquivo do blogue