5.07.2004

SEGREDOS EFÊMEROS

Quem te disse que o segredo do amor é o sexo,
Para aliviar o teu sofrimento?
Sendo o amor o movimento do mundo, a verdade,
Para além do instante, para além do momento.

Quem te disse que o segredo do noite é a lua,
Para aliviar tamanho suspirar?
Sendo que o amor é a vida
Com menos lua e mais luar.

Quem te disse que o segredo da vida é triunfar,
Para aliviar os teus tormentos?
Sendo que o homem deve viver triunfando
E não terminar no triunfar dos momentos.

Quem te disse que o segredo é a verdade?
Mentiu.

ENCONTRO

Encontrei-te no meu caminho
Por entre toda a multidão,
Lá estavas tu meio sozinho
Tentando afastar a desilusão...
Sei que não te quero perder
Mas fica uma saudade,
E nesta pura verdade
Não te posso esquecer!
Agora, confusa na multidão
Sinto-me sozinha,
E esta dor no coração
Traz à razão uma verdade
Há algo espalhado no ar
E o amor é realidade!

Ana Aires

La vida es un tango y el que no baila es un tonto

La vida es un tango y el que no baila es un tonto
Dos calhaus da memória ao empedernido dos tempos

Onde a liquidez da água livre

Onde a liquidez da água livre
Também pode alcançar o céu

Arquivo do blogue