10.14.2018

MEMÓRIA SELETIVA

 


MEMÓRIA SELETIVA

As mãos mais bonitas
Que eu já vi até hoje
Estavam agarradas a uma esfregona.

Dançavam de expeditas

Em ora perto ora longe...
Ora perto ora longe...
Ora perto ora longe...
Mas esqueci-as. – E só lembro a sua dona!


Joaquim Maria Castanho
Com imagem de Lara Coutinho

Sem comentários:

La vida es un tango y el que no baila es un tonto

La vida es un tango y el que no baila es un tonto
Dos calhaus da memória ao empedernido dos tempos

Onde a liquidez da água livre

Onde a liquidez da água livre
Também pode alcançar o céu

Arquivo do blogue