11.17.2012


“– Estamos na era da incerteza. Só uma coisa é certa.
– O quê?
– As pessoas aparecem e desaparecem e, quando surge a separação, continuam tão estranhas como no princípio. Quem consegue conhecer um ser humano a fundo pode ufanar-se de haver operado um milagre. – Altar estendeu a mão. – Tenha cuidado.
– Sem dúvida, Você também.”

In EVAN HUNTER, Estranhos Que Encontramos, Galeria Panorama, 2ª Edição, página 358

Sem comentários:

La vida es un tango y el que no baila es un tonto

La vida es un tango y el que no baila es un tonto
Dos calhaus da memória ao empedernido dos tempos

Onde a liquidez da água livre

Onde a liquidez da água livre
Também pode alcançar o céu

Arquivo do blogue