11.10.2012


DOM CASMURRO, de Machado de Assis, estará na mesa de trabalhos do GRUPO DE LEITURA READCOM de Portalegre, que decorrerá no dia 26 de novembro, segunda-feira, pelas 18 horas na Biblioteca Municipal de Portalegre. Seja bem-vindo quem vier por bem!

Para a próxima sessão do Grupo de Leitura READCOM de Portalegre, a obra “eleita” é uma das mais pertinentes da literatura brasileira, cujo leque temático recai nos tradicionais (da época) mistério da alma feminina, loucura, sedução, casamento e adultério, mas – e é sobretudo nesta nuance que Joaquim Maria Machado de Assis, se evidenciou genialmente ímpar – sob uma perspetiva fundamentalmente psicológica, tentando esmiuçar e compreender os mecanismos que superintendem as relações humanas, fossem elas derivadas do ambiente social que os indivíduos frequentavam, ou da sua índole espiritual e hereditária. O que, sendo uma abordagem categoricamente freudiana a antecipa incontestavelmente, e vem abrir caminho ao que os modernistas um século depois alardearam ser sua invenção…

As personagens, escanhoadas a preceito, são eivadas de pronunciada contradição, como na vida aliás cada qual é, em que a impulsiva Capitu exemplifica sobremaneira o traço deste distinto escritor, nascido no Rio de Janeiro a 21 de junho de 1839 e falecido a 29 de setembro de 1908.   

Sem comentários:

La vida es un tango y el que no baila es un tonto

La vida es un tango y el que no baila es un tonto
Dos calhaus da memória ao empedernido dos tempos

Onde a liquidez da água livre

Onde a liquidez da água livre
Também pode alcançar o céu

Arquivo do blogue