4.02.2004

No lusco-fusco
a quietude eu busco
Encerra-se o dia
com as gentes e sua rotina
de soldada cortina
Saúdo a noite que se aproxima
Tão clara
E olho para cima:
o meu ser se anima
a minha ferida se sara
Porquanto é Dia!

Philipa B. Antunes

Sem comentários:

La vida es un tango y el que no baila es un tonto

La vida es un tango y el que no baila es un tonto
Dos calhaus da memória ao empedernido dos tempos

Onde a liquidez da água livre

Onde a liquidez da água livre
Também pode alcançar o céu

Arquivo do blogue