12.10.2016

SINETE DE INANNA




SINETE DE INANNA 

Tenho uma rosa formosa 
Cravada nos espinhos do dia, 
Em cujas pétalas a prosa
Traz aromas de poesia
Pelo gentil e meigo traço
Em tons de nácar e carmim,
Que os poemas que lhe faço
Vou guardá-los só pra mim.  

Joaquim Maria Castanho 

Sem comentários:

La vida es un tango y el que no baila es un tonto

La vida es un tango y el que no baila es un tonto
Dos calhaus da memória ao empedernido dos tempos

Onde a liquidez da água livre

Onde a liquidez da água livre
Também pode alcançar o céu

Arquivo do blogue