9.20.2016

VISÃO EXATA




VISÃO EXATA 

A pele do poema (cetim nacarado)
Gema perlado com gotas de cristal, 
Dança a cada passo teu, assim dado
Sob fulgor felino (quase) austral; 
Estremece, bruxuleia cintilado
Por alucinações afro, porém real
Deixando meu olhar em si colado, 
Sucumbido pla beleza magistral… 
Tem a sensualidade dum soneto. 
É flexível com’um S de sedução. 
E emite esse perfumado trejeito
Dum ápice, no clímax (perfeito)
De exalar, nesse instante secreto
Em que eclode, a própria perfeição. 

Joaquim Maria Castanho 

Sem comentários:

La vida es un tango y el que no baila es un tonto

La vida es un tango y el que no baila es un tonto
Dos calhaus da memória ao empedernido dos tempos

Onde a liquidez da água livre

Onde a liquidez da água livre
Também pode alcançar o céu

Arquivo do blogue